Adeus de Moisés, chegada de goleiro e possível saída de diretor de futebol, é o Vila Nova agitado

O final de semana do Vila Nova está agitado, e com muitas novidades nos bastidores. O atacante Moisés ídolo do torcedor em 2015, está deixando o time colorado, para defender o azul e branco do Paysandu. O Vila tinha algumas pendências financeiras com o jogador, e numa negociação boa para ambas as partes, a diretoria optou por liberar o atacante. Em 2015, Moisés foi o principal nome do Vila Nova no acesso da série C para série B do Brasileiro, formando dupla com Frontini.

Por outro lado, uma informação que o futebolgoiano.com.br destacou duas semanas atrás, está se confirmando. O goleiro Matheus Kayser está deixando o inexpressivo Grêmio Anápolis, para defender o Vila Nova no Goianão 2018. Com as saídas de Luís Carlos e Wendel, Kayser chega para ser o dono da camisa 1 e a princípio terá o jovem Gabriel como sombra.

 

 

A outra situação que vem movimentando o tigre, é a possibilidade de Felipe Albuquerque deixar o time colorado para trabalhar no verdão. Mas não é o rival Goiás, e sim o verdão do Mato Grosso, o Cuiabá. O clube matogrossense fez uma proposta para contar com o executivo de futebol na temporada 2018. O Cuiabá terá no seu calendário três competições, o Campeonato matogrossense, a copa verde, copa do Brasil e Brasileiro série C. Pessoas ligadas ao diretor, afirmam que Felipe quer permanecer no Vila Nova e não deve aceitar a proposta.