Adversários diretos empatam, e Goiás permanece fora da zona de rebaixamento

Assim que o árbitro apitou o final de jogo da nova derrota do Goiás em casa para o Paraná, seu torcedores começaram a fazer algumas contas. A chance do clube goiano retornar a zona de rebaixamento era grande, pois bastava Figueirense ou Santa Cruz vencerem seus jogos, ambos fora de casa, para colocar o esmeraldino entre os quatro piores da segunda divisão. Porém, Figueirense até saiu na frente do placar, mas ficou no 1 a 1 contra o Boa Esporte, em Minas Gerais.

Já no sábado, no encerramento da rodada, o Santa Cruz visitou o lanterna ABC, em Natal e não saiu do 0 a 0. Com isso, o Goiás segue com 25 pontos, o mesmo número que o Figueirense, mas leva vantagem nos critérios de desempate.

O Goiás volta a campo na próxima sexta-feira justamente contra o Santa Cruz, fora de casa, em confronto direto na parte de baixo da tabela. O técnico Sílvio Criciúma poderá contar com o meia-atacante Tiago Luís, recuperado de lesão, e com o zagueiro Alex Alves, que estava suspenso. O Figueirense visitará o vice-líder Internacional, no sábado.