Atlético Paranaense busca empate contra Flamengo em casa

Tudo igual. Atlético-PR e Flamengo empataram em 1 a 1, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca saiu na frente com gol de Mancuello, no primeiro tempo, mas cedeu a igualdade na segunda etapa, quando Thiago Heleno fez de cabeça.

O Flamengo chegou aos cinco pontos em três jogos, enquanto o Furacão somou apenas o primeiro dele na competição. Na próxima rodada, o time carioca enfrenta o Botafogo, enquanto o Atlético-PR visita o Coritiba.

O Atlético-PR dominou o primeiro tempo, porém o Flamengo foi mais eficiente e fez o gol na única boa chance que teve, mesmo não jogando bem. Aos 24 minutos, Pará recebeu livre na direita, levantou a cabeça e fez um cruzamento perfeito para Mancuello. O argentino apenas desviou de cabeça, mas com categoria, e a bola passou direto pela rede. Houve quem ficasse em dúvida sobre o lance, já que a rede estava furada, mas a arbitragem assinalou o gol rapidamente.

O Atlético-PR respondeu no minuto seguinte e quase chegou ao empate, em cabeçada de Nikão, que acertou o travessão. Os donos da casa seguiram pressionando e tiveram ótima oportunidade desperdiçada por Grafite. Após erro de Márcio Araújo, o atacante saiu cara a cara com Muralha, mas o goleiro defendeu bem. O camisa 23 teve ainda outras duas boas chances e numa delas, em grande jogada, acertou a trave. Faltava sorte e capricho.

Após ser muito pressionado na primeira etapa, o Flamengo voltou administrando melhor a posse de bola. O time carioca quase ampliou em cabeçada de Guerrero, mas Weverton fez um milagre e salvou em cima da linha. Na sequência, o Furacão empatou, justamente no momento em que a equipe de Zé Ricardo era superior. Após cobrança de escanteio, Thiago Heleno subiu mais alto do que Rafael Vaz e cabeceou bem, para o chão. Muralha tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol. Era, no mínimo, um lance defensável.

Os times diminuíram o ritmo após o empate. O jogo ficou um tanto moroso, com chances esporádicas. A melhor oportunidade do Atlético-PR foi com Douglas Coutinho, que ficou cara a cara com Muralha após novo erro de Rafael Vaz. No entanto, o atacante do Furacão vacilou e chutou em cima do goleiro.

O Flamengo teve uma boa chance com Guerrero, aos 44 minutos, quase na marca do pênalti, mas chutou errado. Lucas Paquetá fez boa jogada e deixou o peruano na boa na jogada. Nos acréscimos, houve ainda o tradicional “lá e cá”, inclusive com algumas investidas de Vinicius Júnior, mas o jogo terminou mesmo empatado em 1 a 1.