Em jogo emocionante, Vila Nova segura empate com Fast Clube-AM e consegue classificação na Copa do Brasil

O Vila Nova soube aproveitar bem o novo regulamento da Copa do Brasil. A equipe goiana, que jogava pelo empate, ficou no 1 a 1 com o Fast, nesta quinta à noite, na Arena da Amazônia, em Manaus, e avança à próxima fase da competição Nacional. Depois de abrir o placar no segundo tempo, sofreu o empate, teve um jogador expulso e resistiu à pressão dos amazonenses até o apito final. O gol do Tigrão foi marcado por Moisés. O Tricolor de Aço descontou com Thiago Brandão

A primeira etapa do jogo foi de poucas chances para ambos os times. E o Vila, apesar de jogar pelo empate, tomou a iniciativa, principalmente com chutes de fora da área. A primeira boa resposta do Fast veio somente aos 15 minutos, com Júnior Neymar, que recebeu passe de Matheus Cruz e mandou um balaço, mas para fora.

Na sequência, o Vila teve duas boas chances de abrir o placar. Primeiro com Moisés, aos 21, quando recebeu na frente, mas ficou na defesa do goleiro Naylson. Em seguida, Wallyson, aos 26, que cabeceou no chão e desperdiçou.

O homem do Fast no primeiro tempo foi o atacante Júnior Neymar. Ele participou de três boas chances de gols do Tricolor. Aos 28, ele recebeu de Makeka e chutou forte. O goleiro deu rebote, mas Felipe estava em impedimento. Aos 30, o atacante recebeu cara a cara com o goleiro, mas isolou. E aos 41, mandou um bico, mas o goleiro Wendell fez defesa importante.

No segundo tempo, Junior Neymar e Edinho Canutama inverteram suas posições e o Fast teve ainda mais dificuldade para criar. Mais organizado que no primeiro tempo, o Vila Nova passou a explorar o lado esquerdo da defesa do Rolo Compressor, levando perigo com Maguinho. Aos 22 minutos, Serrato bateu firme e cruzado da esquerda, obrigando
Naylson a rebater para frente. No rebote, Moisés aproveitou e abriu o placar. O gol deixou o Fast ainda mais nervoso e com isso as saídas de bola tiveram ainda mais erros. Mas antes de o time perder a cabeça, valeu a insistência. A expulsão de PH após entrada violenta em Junior Neymar, o Fast sentiu que poderia voltar ao jogo. Após uma cobrança de escanteio, Thiago Brandão apareceu livre na área e aproveitou para empatar o jogo, incendiando a Arena da Amazônia. Com poucos minutos para reagir, o Fast se lançou inteiramente ao ataque, pressionando todo time do Vila Nova no campo de defesa. Completamente fechado, a equipe goiana conseguiu se segurar e garantiu a classificação.

Com a classificação garantida, o Vila Nova pegará o Vasco, que eliminou o Santos-AP. A partida será no dia 1º de março, no Serra Dourada. A segunda fase também será definida em apenas um jogo, mas em caso de empate o time classificado será decidido nos pênaltis. Já o Fast, encerra sua participação e se concentrará no Campeoanto Amazonense.

FICHA TÉCNICA

Copa do Brasil: 1ª fase
Jogo: Fast Clube 1 x 1 Vila Nova
Data: 16/02/2017
Horário: 22h30 horas (de Brasília)
Estádio: Arena Amazônia Cidade: Manaus

Público presente: 3.812 pessoas
Público pagante: 3.181 pessoas
Renda: R$ 23.930,00

Gols: Moisés (26′ | 2ºT), para o Vila Nova; Thiago Brandão (40′ | 2ºT), para o Fast Clube.

Cartão amarelo: Fábio Gomes, Emerson, e Edinho (Fast Clube); Moraes Jr., Fagner e PH (2x) (Vila Nova).
Cartão vermelho: PH (Vila Nova)

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso
Assistentes: José Ricardo Guimaraes Coimbra e Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos
4º Árbitro: João Batista Cunha de Brito

FAST CLUBE: Naylson; Emerson, Fábio Gomes, Thiago Brandão, Dinamite, Boneco de Olinda(5-Renê), Júnior Neymar, Makeka(7-Raílson), Felipe, Matheus Cruz(11-Edinho Canutama), Robinho. Técnico: João Carlos Cavalo.

VILA NOVA: Wendell; Maguinho, Wesley Matos, Bruno Prado, PH, Jonathan, Fagner, Marcos Serrato(15-Everton), Wallyson(14-Billy), Hiroshi(16-Moraes Jr), Moisés. Técnico: Mazola Júnior.