Palmeiras acerta venda de Mina para Barcelona e lucra mais do que esperado

Com a necessidade do Barcelona em contratar zagueiros, o clube espanhol antecipou o acordo com o Palmeiras para levar o zagueiro Yerri Mina. O jogador colombiano foi negociado por 12,3 milhões de euros (mais de R$ 47,4 milhões). O pagamento será à vista e o Palmeiras ficará com 10 milhões de euros (quase R$ 38,5 milhões). É a maior venda de um zagueiro na história do futebol nacional.

O acordo entre Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras com o clube espanhol é que a negociação ocorreria apenas em Junho. Entretanto, o Barcelona quis o jogar para Janeiro e o Palmeiras não pode segurar. Mina não havia se reapresentado com o elenco e não estava treinando, porém, já se encontra liberado para viajar e assinar contrato.

Os 10 milhões de euros que cairão na conta do Palmeiras correspondem a mais do que os 80% dos direitos econômicos que pertenciam ao clube. Alexandre Mattos conseguiu fazer com que o Santa Fe (COL) aceitasse receber 1,8 milhão de euros pelos 20% dos direitos que possui.

Os espanhóis têm preferência para levar o zagueiro desde que ele foi contratado pelo Palmeiras, no meio de 2016. Mattos conseguiu seduzir o jogador, que estava indo para o futebol alemão, com a possibilidade de jogar no Barcelona no futuro.