Sem nem estrear, Sérgio Mota deixa Vila Nova para o futebol chinês; Walter é descartado

Sem nem entrar em campo com a camisa do Vila Nova, o meio campista Sergio Mota já deixou o futebol goiano para acertar com Zhejiang Yiteng Football Club, do futebol chinês. A negociação foi anunciada por meio das redes sociais do clube colorado no inicio da madrugada desta quinta-feira (11/1). Com isso, o diretor de futebol Felipe Albuquerque concedeu uma entrevista coletiva para explicar o que aconteceu.

Segundo Felipe, havia uma clausula que concedia a liberação do contrato, em caso de proposta internacional. Segundo o dirigente a proposta salarial do clube chinês foi de sete vez mais que o clube havia assinado, se tornando assim, irrecusável para o jogador.

Além disso, o diretor foi questionado sobre a possível chegada do atacante Walter. Felipe disse que conversou com o presidente do clube, Ecival Martins, e que o mesmo negou qualquer possibilidade de contar com o jogador, devido a inúmeras razões.